Seminário sobre vegetarianismo on-line terá sete dias de palestras grátis

Por Yuri Gonzaga

O primeiro Congresso On-line de Nutrição e Vegetarianismo, ou Conveg, está com inscrições (gratuitas) abertas para a semana de palestras que começa na terça-feira da semana que vem (4) e vai até a quarta da outra semana (12), com um dia de pausa no sábado, com mais de 40 profissionais de saúde e da gastronomia, atletas e acadêmicos.

Para se inscrever, basta visitar a página do Conveg, submeter seu e-mail na caixa de inscrição e confirmar o endereço na mensagem que será enviada em seguida.

Organizado por Juliana Coutinho Oliveira e Roger Oliveira, fundadores do site Tudo para Vegetarianos  e residentes de Maringá (PR), o evento tratará de temas como nutrição esportiva, suplementação, a Bíblia e o vegetarianismo, gestação, transgênicos, dietas cruas e frugívoras, alergênicos e pratos vegetarianos cotidianos.

As falas serão transmitidas em vídeo e divididas entre os três períodos do dia, com horários entre 9h às 21h (veja a programação completa aqui).

Os organizadores dizem que os participantes devem atentar para o horário das transmissões, já que não será possível assistir posteriormente.

Os convidados (todos toparam colaborar sem receber nada) incluem o nutricionista e autor do blog Saúde Frugal Eduardo Corassa, a nutricionista Paula Gandin, a ativista e filantropo Nina Rosa, os chefs Daniel Francisco de Assis, Daniel Biron, Inti Mendez e Martha Tatini, a psicóloga Karyne Lira Correia, o fisiculturista Paulo Victor Pinheiro, entre outros.

Juliana Coutinho também é autora do blog Mãe Saudável. Confira a página no Facebook do Tudo para Vegetarianos, que já tem 21 mil seguidores.

 

A psicóloga Renata Palombo durante a gravação de uma das palestras do congresso
A psicóloga Renata Palombo durante a gravação de uma das palestras do congresso

Roger Oliveira, que idealizou o encontro virtual, diz que a proposta é permitir que todas as pessoas possam ter acesso ao conteúdo, seja no Brasil ou outras partes do mundo.

Ele diz que não só vegetarianos e profissionais de saúde são o público-alvo das palestras. “É também para qualquer um que tenha interesse em alimentação ou que queira fazer a transição para o vegetarianismo”, diz.

Haverá emissão de certificado digital que incluirá a carga horária das aulas assistidas –detalhes sobre isso serão divulgados pelos organizadores ao longo do evento (atualização: o chamado “acesso VIP” às palestras, sem horário definido em até cinco anos, custa R$ 397).

A ideia de concentrar as palestras de forma estruturada e concentradas em alguns dias, em vez de liberá-las na internet, diz Roger, foi aumentar a visibilidade do assunto e fazer um “pacote” com todas as dúvidas mais frequentes que encontrou desde a fundação de seu portal de vegetarianismo.

“Queremos mostrar todos que é possível que todos levem uma vida saudável e sem dificuldades práticas sendo vegetarianos”, diz.

10644844_933190916695863_6199479890116848703_n