Vídeos ensinam a fazer pão de queijo vegano

Por Yuri Gonzaga

O canal Presunto Vegetariano, uma das melhores referências para receitas veganas no Brasil, publicou em seu último vídeo uma receita que pode salvar muitos veganos mineiros (e muitos outros animais e gente com isso…): o pão sem queijo.

É uma versão livre de ingredientes animais da receita do bolinho, que tem diversas versões e possibilidades de ingrediente básico –no caso de Paula Lumi, a escolha é mandioquinha, mas a chef sugere batata doce como outra opção.

Outras receitas (veja outros vídeos no fim deste post) sugerem o uso de batata comum.

Quem já experimentou um pão de queijo vegano sabe o quanto o sabor fica parecido, graças principalmente ao polvilho azedo. O melhor pão sem queijo (pão de beijo, pão de queijo vegetal, pão desqueijo…) que eu já comi é vendido na cafeteria KOF, em São Paulo.

(Neste blog, já tornei público que pão de queijo é meu calcanhar de Aquiles.)

Para quem quiser tentar deixar a receita com gosto ainda mais parecido (ou mais diferente, rs), a Natural Science vende, além do substituto de queijo em pó, gotas com aromatizantes veganos que remetem a parmesão, cheddar e gorgonzola. A companhia me enviou amostras –o sabor é bem forte.

O pão de queijo foi originado no século 18 em parte graças ao “boom” populacional geradao pela corrida do ouro na região das Minas Gerais, segundo um artigo de Xico Graziano, citando Caio Prado.

Trigo era um ingrediente mais difícil de conseguir que a mandioca, tubérculo cujo amido (polvilho) passou a ser empregado pelas cozinheiras no lugar da farinha da gramínea para fazer a massa, à qual lascas de queijo foram adicionadas. Outra iguaria da nossa cultura que devemos aos escravos, como escreve Graziano.