Comemore o Dia Mundial Vegano com esta receita de queijo de amêndoas

Por Yuri Gonzaga

O Dia Mundial Vegano, iniciativa de Louise Wallis, então presidente da UK Vegan Society (sociedade vegana do Reino Unido), celebra a fundação dessa organização, à qual se atribui o termo “vegan”.

Durante um evento organizado pelo site Animal Rights Zone, a ativista disse: “Sabíamos que a [Vegan] Society havia sido fundada em novembro de 1944, mas não sabia a data exata, então decidi pelo dia primeiro.”

 

Foto por Ina Todoran (Creative Commons via Flickr)
Foto por Ina Todoran (Creative Commons via Flickr)

 

“Parcialmente porque eu gostava da ideia de a data coincidir com o Samhain [festival de origem celta que seria um ancestral do Halloween], o Halloween [“dia das bruxas”] e o Dia dos Mortos [Finados mexicano] –períodos tradicionais de banquetes e celebração, algo oportuno e auspicioso”, afirmou.

E, para comemorar o dia de quem é vegano, de quem quer se tornar vegano e dos que ainda não foram convencidos a se tornar veganos, deixo uma receita de queijo de amêndoas vegano, adaptado do site Rawmazing.com.

(Uma outra receita, esta de castanha de caju e embutida em um excelente post de Sandra Guimarães, pode ser acessada no blog dela; clique)

*

  • 1 xícara de amêndoas deixadas de molho, secas e descascadas
  • 3/4 xícara de água
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 3 colheres de sopa de suco de limão
  • 1 dente de alho
  • 1 pitada de sal
  • ervas para temperar (sálvia, alecrim, orégano)
  1. Deixe as amêndoas de molho durante a noite. Escorra e tire as cascas
  2. Ponha todos os ingredientes em um processador de alimentos (liquidificador serve). Processe até obter textura homogênea (pode levar um tempo, não tenha pressa)
  3. Coloque a mistura em um escorredor revestido por um pano fino. Esprema gentilmente para tirar o excesso de água
  4. Refrigere durante uma noite e o queijo estará pronto

Quem tem um desidratador pode obter um resultado mais firme, adicionando aos passos um período de seis horas à temperatura de 46 graus (o que preserva o caráter “cru” da receita e, ao menos em teoria, seus nutrientes).

*

OVERDOSE VEGANA: Só como um extra, na lista de reprodução abaixo, criada pela DJ vegana Luminous, ouça 17 canções relacionadas a direitos animais, de artistas vegetarianos ou não, incluindo Sir Paul McCartney, Prince e The Smiths.

Logo abaixo, mais uma playlist, pela mesma disc jockey, mas no site Mixcloud e só com artistas veganos, de Sigur Rós a Black Sabbath, como bem diz o título.

*

Mais um bônus: a Peta (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais, na sigla em inglês) divulgou um vídeo com temática de Halloween brincando com o que veganos costumam ouvir de quem (ainda) come carne, como se estes fossem “serial killers”. Veja abaixo (em inglês).