O que é vegano?

Por Yuri Gonzaga

Alimento vegano é um que não tem quaisquer ingredientes de origem animal e suas derivações, como os listados abaixo:

  • Carne
    • (boi, porco, frango, peixe, moluscos)
  • Leite
    • queijo, whey, nata, caseína (veja lista)
  • Ovos
    • albumina
  • Mel
  • Gelatina
  • Tutano
  • Corante carmim de colchonilha e outros
  • Gorduras animais
    • (banha, óleo de peixe, sebo)
  • Coagulante renina ou quimosina

Entre outros. Sobra pouca coisa, né?

Foto: Dekalb Farmers Market
Foto: Dekalb Farmers Market
Foto: Daderot/Wikimedia Commons
Foto: Daderot/Wikimedia Commons

Fora do campo da alimentação, o que não é vegano?

  • Couro
  • Seda
  • Casaco de pele
  • Cosméticos com:
    • colágeno, cera de abelha, gelatina, glicerídios, guanina, queratina e outros, como ácido oleico e lecitina não vegetais (ouça um podcast sobre o assunto)

E tudo o que é testado em animais. Veja uma lista de empresas e produtos de beleza veganos.

Leia esta ótima definição por Fabio Chaves, do Vista-se. A TV Brasil recentemente publicou um bom vídeo sobre o assunto:

O que é vegano:

  • O reino vegetal
  • O reino fungi
  • Cervejas (boa parte delas, pelo menos)
  • Queijos e leites vegetais, como os de soja e amêndoas
  • Álcool, cigarro e outras drogas lícitas, como batata frita
  • Entorpecentes como LSD e maconha (pode ser que algumas outras drogas ilícitas, especialmente as que envolvem processos complicados de fabricação, tenham componentes de origem animal, mas não sei precisar)
  • Milhões de pessoas no mundo todo, que adotam o estilo de vida vegano e outros, como crudívoros e frugívoros e a maior parte dos straight edge.

A categoria “futuros veganos” inclui ovolactovegetarianos (vulgo vegetarianos, que se abstêm de carnes, mas não de leite ou ovos) e onívoros (que, por enquanto, comem carne e outros ingredientes de origem animal).

O que não necessariamente é vegano:

Alguns brincam que veganos não podem ingerir sêmen por se tratar de uma substância com origem animal. Tecnicamente é verdade. Um amigo vegano meu me disse que a solução para esse dilema é que, se houver consenso, não é fruto de exploração animal.

(Leia também sobre especismo e senciência)

Veja abaixo o documentário “Forks over Knives”, sobre saúde e veganismo, dividido em partes no YouTube.