VEG

 -

Blog sobre dieta vegetariana e assuntos relacionados a ela, como dicas de nutrição, é produzido pelo repórter Yuri Gonzaga, que foi ovolactovegetariano entre 2008 e 2010 e é vegetariano estrito desde 2011.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Retrospectiva em vídeo mostra 2015 como o ano do veganismo ‘pop’

Por Yuri Gonzaga

Uma compilação de notícias e vídeos dos principais acontecimentos relacionados à dieta vegetariana e aos direitos dos animais neste ano (até agora), publicada pelo canal Plant Based News no YouTube, mostra um avanço notável na popularização do assunto.

O documentário cita o endosso de artistas como Paul McCartney (que não é deste ano), Beyoncé (e sua campanha pelos 22 dias veganos), Miley Cyrus (vegana desde o meio do ano passado), além de fatos noticiosos como a categorização de carne processada como cancerígena.

Leia também: Texto no ‘The New York Times’ retrata veganismo ‘glamuroso’

Alguns dos fatos mencionados no audiovisual:

  • O decréscimo de animais mortos pela indústria de alimentos entre o ano de pico (2007) e 2014 (dados mais recentes) em incríveis 400 milhões de seres, de 9,5 bilhões para 9,1 bilhões
  • Queda de 31% no consumo de carne de porco e de 19% no de carne de vaca no Canadá entre 1999 e 2015, período durante o qual a renda média aumentou
  • Redução no preço de leite em lugares como o Reino Unido e o crescimento vertiginoso do mercado de leites vegetais
  • O advento do partido político Humane Party nos EUA; e Animal Alliance, no Canadá
  • A adoção da campanha Segunda Sem Carne em cidades como Long Beach, Califórnia
  • O anúncio de que a OMS (Organização Mundial da Saúde) começou a considerar carne processada certamente cancerígena (e a possível rotulagem desse tipo de alimento na Califórnia como tal)
  • Demonstrações de apoio ao veganismo, ainda que ligeiras, por empresas como Google e Tesla Motors
11176340_820992627989649_436211669_n
Imagem publicada por Miley Cyrus no Instagram; estrela pop diz ter-se tornado vegana no meio do ano passado e tem uma tatuagem de abacate
  • Crescimento de cerca de 90% das menções da hashtag #vegan no Instagram
  • O apoio em público de Brian May, guitarrista do Queen, ao ativista Gary Yourofsky, conhecido por promover fervorosamente o veganismo; os posicionamentos públicos de Stevie Wonder, James Cameron, Pamela Anderson, Kat von D, Liam Hemsworth
  • A entrada (ou aumento do esforço) em alternativas vegetarianas ou veganas de Burger King, Starbucks, 7-Eleven, Taco Bell, Trader Joe’s, Jamba Juice, Ben & Jerry’s e outras
  • A entrada do documentário “Cowspiracy” no Netflix
  • O recorde estabelecido por Scott Jurek, o ultramaratonista vegano, em uma das trilhas mais difíceis dos EUA, com mais de 3.500 km

Por outro lado, fatos negativos como a conspiração entre a indústria de ovos e o governo sofrida pela empresa Hampton Creek, que faz substitutos de ovo, maionese e massa de cookies nos EUA.

(Reprodução/Instagram
(Reprodução/Instagram)

Blogs da Folha

Mais acessadas

Nada encontrado

Categorias

Publicidade
Publicidade
Publicidade