Cineasta cria campanha para financiar documentário sobre veganismo

Por Yuri Gonzaga

O cineasta Juliano Grafite, criador do documentário “A Transição”,  lançou no site Kickante uma página para angariar verbas para seu próximo longametragem, intitulado “Quando Me Tornei Vegano”, que figurará a política Soninha Francine, a nutricionista e webcelebridade Paula Gandin e o músico João Gordo.

A meta do financiamento coletivo é R$ 90 mil, e, atualmente com cerca de 15% arrecadados. Há oito dias restantes até o fim da campanha no site. Ao fim do período, o dinheiro será utilizado para o projeto, independentemente do montante acumulado.

Entre as recompensas, estão nome nos créditos (R$ 15); ingresso para ver o filme no cinema (R$ 45); link para ver o vídeo online (R$ 100); consultoria sobre nutrição com a nutróloga Amarantha Ribas (R$ 200).

A ideia, nas palavras de grafite, é retratar “o processo de transição para o vegetarianismo e veganismo e a partir de vários de depoimentos de veganos, médicos, famosos, atletas e especialistas para falar qual é o caminho das pedras para seguir neste estilo de vida livre de produtos de origem animal.”

“Até a ONU diz que o planeta não suporta o impacto ambiental que a criação e o abate de animais geram, e pretendemos ajudar as pessoas a receberem esta informação”, diz.

A produção é do estúdio Ganesh Filmes. Ao contribuir, o internauta pode escolher doar parte do dinheiro investido (dependendo do valor).

Campanha para o financiamento de “Quando Me Tornei Vegano” no Kickante